Cresce mercado brasileiro de software e serviços

A indústria brasileira de software e serviços superou as expectativas de crescimento em 2012, atingindo a marca de US$ 27,178 bilhões, contando as exportações. Um aumento de 26,7% em relação a 2011, de acordo com estudo realizado pelo IDC (International Data Corporation), em parceria com a Abes (Associação Brasileira das Empresas de Software).

Segundo a pesquisa, 86% das empresas de software, associadas à entidade, são de micros e pequenas. “A inovação é um ponto crucial para que esse mercado cresça e se desenvolva. Esse é um dos motivos pelo qual o foco dessa edição da conferência foi a discussão sobre as oportunidades e desafios para a inovação da TI no Brasil”, explica, em nota oficial, Jorge Sukarie, presidente da ABES.
A conferência contou com a presença de representantes do MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação); da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e da empresa Reason, vencedora do Prêmio FINEP de Inovação 2011 para o painel sobre os Desafios para a Inovação.

Resultados do Mercado Brasileiro de Software

O mercado brasileiro de TI, que engloba software, serviços e hardware, teve um crescimento de 41,6% e se posicionou na 7ª posição no ranking internacional, na frente de países como Canadá, Austrália e Índia. Hoje, o mercado brasileiro de TI já representa 49,1% do que movimenta toda a América Latina, com US$ 60,2 bilhões. A região totaliza US$ 122 bilhões.

O país representa 3% do mercado mundial de TI e possui 72,6 milhões de computadores instalados, além de 52 milhões de usuários de internet, por meio de PCs e notebooks.

De acordo com as tendências apontadas pela pesquisa, de 2013 à 2020, 90% do crescimento do mercado de TI será direcionado para tecnologias mobile, social business, big data e “cloud services”. Em 2012, estes segmentos representaram apenas 22% dos investimentos em TI. Além disso, 80% dos esforços de competitividade serão focados no fomento às ofertas e capacitação das soluções para essas tecnologias.

Apesar de positivos, esses números dão hoje ao Brasil uma fatia de apenas 3% do mercado mundial de TI. A exportação de software e serviços de TI soma US$ 2,2 bilhões.

(Fonte: portaldocanal.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *